“Pronto, tenho a minha formação em Nutrição, agora é só atender clientes.”
 
Este é o primeiro pensamento que a maior parte de nós tem assim que acaba a sua Licenciatura.
Eu passei por isso, e tu?
Temos a ideia que, uma vez que já somos profissionais, haverá uma fila de clientes a quererem a nossa ajuda.
Depois vem a decepção… afinal temos que procurar clientes?
Bom, se calhar teremos que repensar a nossa posição no mercado de trabalho.
Uma das formas mais práticas é trabalhar um nicho específico. Quanto mais específica for a área de atuação, maior o sucesso.
Fazendo a analogia, se consultarmos o nosso médico de família com um problema no joelho, ele manda-nos para um ortopedista, se tivermos um problema nos ouvidos, ele pede consulta de oftalmologia… ora, o mesmo acontece na nossa profissão.
Se trabalharmos com especialidades, será mais fácil angariar clientes e o sucesso será mais rapidamente garantido.
 

Como poderás descobrir a tua área de atuação?

 
 
Espreita aqui as minhas 5 dicas e, se tiveres mais alguma que possa ajudar os nossos colegas, comenta em baixo, pois é sempre bom partilharmos conhecimento.
 

Dica 1 – Conhece-te a ti mesma

Tem plena consciência das tuas competências como Nutricionista, como coach e da tua história pessoal. Isso é fundamental para que possas escolher algo que gostas.
Mais do que isso, podes ir de encontro ao que já sabes e começar depois a evoluir ainda mais, a fim de seres a melhor nessa área.
Percebe de facto com que tipo de clientes ou patologias te dá maior paixão em trabalhar…aí já terás uma dica da tua área!
 
 

 

Dica 2 – Analisa as várias opções

Faz uma lista de várias especializações dentro do teu ramo.
Por exemplo, há Nutris que se especializam em acompanhar mulheres entre os 30 e os 45 anos que querem emagrecer entre 10 a 20 kg. E apenas atendem clientes que reunem estas condições… e a verdade é que desse modo têm a agenda cheia e uma lista de espera invejável!
Elabora essa lista, para ser mais fácil de te decidires.
 

Dica 3 – Conhece o mercado

Faz uma pesquisa, entre os temas que mais gostas dentro da nutrição, e que te sentes com vontade de trabalhar. Vê os profissionais que já atuam nesse ramo. Coloca-te na pele do melhor Nutricionista e pergunta a ti mesma se estás preparada para superar esse profissional.
Pois é, não vale a pena começar a atuar numa especialidade para ser o número dois.
Se te vais especializar, deves levar isso a sério e seres A MELHOR.
 

Dica 4 – Cria a tua “personagem”

Já falamos disto noutros posts.
É fundamental teres um avatar/personagem bem definido. Ajuda muito se lhe deres um nome, uma profissão, souberes o que ele mais gosta, conheceres a sua rotina diária.
Depois vais tornar-te especialista em atender pessoas com aquele perfil.
 

Dica 5 – Deixa de querer fazer tudo

Por vezes, com receio de perder clientes, temos a tendência em considerar que “tudo o que vem à rede é peixe”.
Assim vamos nos desfocar da nossa especialidade, tornando-nos o “médico de família” que atende causas gerais, mas depende sempre de terceiros para questões específicas.
Sentes que podes ter mais que uma coisa? Perfeito.
Então cria essa especialização e diferenciação!
Chega de seres Nutri Geral e passa a ser Nutri Específica!!
 
 
Joana Carvalho Costa.