Olá Nutri! Concluída a formação, chegou finalmente a altura de enfrentares o mercado de trabalho e de pores em prática todos os conhecimentos adquiridos ao logo do teu percurso acadêmico.
 
 
A teoria que absorveste durante a faculdade nem sempre é suficiente para que tudo corra sem contratempos e no início é perfeitamente normal que possas cometer alguns erros, ainda que inconscientes. No sentido de minimizar essa possibilidade, decidi elaborar este artigo com as dicas mais importantes que deves ter em conta para que a tua primeira consulta corra como sempre desejaste.
 
 
Confere então a checkList da primeira consulta:
 
 
#1 Gestão da agenda
 
 
Com o mercado cada vez mais competitivo, cada detalhe é valioso e, podes acreditar, que poderá fazer toda a diferença na altura de eleger um nutricionista! Assim, e como primeira dica, o conselho será manteres uma agenda bem definida e organizada. A pontualidade é um factor que deves ter sempre presente pois dar-te-á logo maior credibilidade. Ainda que a vontade de atender o maior número de pacientes seja elevada, tenta que não haja sobreposição de consultas (ninguém gosta de esperar muito para ser atendido, certo?) estabelecendo intervalos entre elas que te dêem margem de manobra.
 
 
#2 Verificação de todos os materiais necessários
 
 
Antes de iniciares as tuas consultas verifica se os materiais que vais utilizar com maior frequência (balança, fita métrica, adipômetro, entre outros) se encontram operacionais e organiza-os de forma prática e acessível para que não existam contratempos durante as consultas.
 
 
Organiza também as tuas fichas de consulta, de prescrição de plano alimentar, cartão para colocares as medidas / marcação de consultas, entre outros. Desse modo mostras profissionalismo e cuidado para com o teu cliente!
 
 
 

 
 
#3 Avaliação dos pacientes
 
 
Antes de elaborares de um plano alimentar é extremamente necessário que faças uma análise detalhada do paciente realizando uma série de perguntas (não tenhas medo de recorrer a uma cábula se for necessário) de modo a reunir o máximo de informação sobre os seus hábitos. Há que perceber se existe algum tipo de intolerância alimentar ou patologia de modo a poderes determinar com segurança quais os alimentos que devem ser prescritos em cada situação.
 
 
#4 Evitar uma linguagem demasiado técnica
 
 
É normal que no início tenhas a tendência para aplicar os termos técnicos que aprendeste na faculdade. Mas atenção, muitos desses termos são completamente desconhecidos para os pacientes! Para que o paciente se sinta confortável e motivado deves utilizar uma linguagem clara e explicar detalhadamente todo o plano alimentar, evidenciando sempre quais os benefícios e resultados que irá obter.
 
 
# 5 Actualização de conhecimentos
 
 
Tem contigo um dossie com as fichas dos produtos alimentares mais falados pelos teus clientes, ou organiza mesmo em computador ( e que possas aceder rapidamente no teu telemóvel). Desse modo sempre que estiveres aconselhar determinado produto, que o teu cliente não tenha conhecimento, poderás rapidamente mostrar! Acredita, que vão agradecer por essa facilidade!
 
 
Espero sinceramente que esta checkList primeira consulta tenha sido útil. Como podes ver, existem uma série de requisitos que deves sempre ter em conta antes de iniciares uma consulta de Nutrição.
 
 
Só assim conseguirás conquistar a confiança dos teus pacientes fazendo com que eles queiram sempre voltar e aconselhar vivamente os teus serviços!
 
 
Até breve,
Joana Carvalho Costa