Provavelmente deves ter saído da faculdade na ideia de teres de aceitar tudo o que propõem.

No início de profissão é normal sentires-te um pouco perdida com as opções de atuação, afinal a experiência é pouca, a visibilidade entre a concorrência é quase zero, e precisamos de muito esforço para conquistar os primeiros clientes.

A vontade de criar agenda é grande, o que muitas vezes leva a ter de aceitar tudo .

Horários malucos,hora de refeição inexistente ou em horas pouco prováveis, valores de consulta ridículos e por ai vai…

Passamos por aquela fase em que dizemos SIM a qualquer condição de trabalho. 

E é exatamente nesse momento que o “SIM” pode ser o nosso maior inimigo. 

VENCE O MEDO DE CONTRARIAR

Se tens objetivos claros, e reconheces a importância do teu crescimento profissional, precisas saber que está na hora de venceres o medo de contrariar. 

O teu cliente – seja ele quem for -, precisa entender que mereces ser respeitada, e que a tua valorização está acima de favores ou de demarcações em cima da hora.

E essa é uma imagem que apenas tu és capaz de passar. 

Analisa bem o teu percurso até aqui. Aa horas de estudo, o dinheiro investido.a dedicação, e questiona-te se vale a pena não te impores, depois de tanto esforço.

É importante ter em mente que dizer “sim” para tudo, não vai levar até os teus objetivos.

OS BENEFÍCIOS DO “NÃO”

Quando entendemos que o “não” é um fator determinante para selecionar atitudes e decisões que nos acrescenta, e que nos direciona ao sucesso, os benefícios começam a surgir:

 Os limites estabelecidos pelo “não” são indispensáveis para te posicionares como uma profissional conceituada. E é exatamente através dessa limitação que os teus clientes e os teus concorrentes irão entender a essência e seriedade do teu trabalho.

Isso também vai ajudar agerir  melhor o tempo , uma vez que poderás te dedicar 100% às coisas que te fazem bem. 

Seja a estudar, a procurar formas de inovar nas consultas e de angariares clientes.  

Por isso, Nutri, não hesites em manter os teus valores e princípios fortes e bem definidos e, em te focares no teu futuro, com firmeza!

Lembra-te de que quando dizes “sim” para os outros, podes estar adizer “não” para ti!

E, quando dizes não para ti, estás a dizer não para as tuas convicções.

Aprende a dizer NAO ao que não te faz feliz nem está de acordo com os teus valores!

Com energia total, 

Joana.