Uma realidade de muitas das pessoas que iniciam a sua carreira enquanto Nutricionistas é a da não obtenção dos resultados esperados por parte dos seus pacientes.

Se te encontras nesta situação, saberás, por agora, como ela cria uma sensação de desespero entre os profissionais da área que agem e aconselham, sem conseguirem que os clientes consigam, efetivamente, atingir os seus objetivos no tempo esperado.
A verdade é que, no que diz respeito ao coaching, existem alguns erros recorrentes e que, por norma, os profissionais fazem sem que se apercebam.
Hoje vou falar-te deles, de modo a que conheças os principais erros e possas evitá-los nas tuas próximas sessões.
 
1. Não ouvir
Na primeira sessão, não é o momento de fazer mil e um planos para o teu cliente. Embora o desejo seja de começar o processo tão rápido quanto possível, a verdade é que o primeiro passo do Coach tem de ser ouvir e compreender exatamente o que o seu cliente procura e deseja. A clareza quanto às intenções do paciente é, pois, o ponto de partida para o estabelecimento de objetivos iniciais.
 
2. Individualismo
Um coach não pode ser individualista a ponto de assumir que tem em si o poder de realizar os objetivos. O teu papel é o de ajudar o paciente… mas lembra-te de que é sempre o teu paciente o responsável pela mudança.
 
3. Envolvimento excessivo
Preocupares-te com o teu paciente é importante… mas estares mais comprometido com o processo, do que ele, é um erro! Incentiva o teu paciente a lutar pela sua meta mas mantem uma distância que te permita ter um olhar objetivo sobre a questão.
 
4. Cobrar demasiado pouco
Embora seja uma tendência, a verdade é que o facto de teres um valor baixo de consulta passa a ideia de que é de pouca qualidade. E essa é a imagem que não queres passar! Por isso, coloca um valor que seja adequado ao serviço que ofereces, com o qual te sintas confortável e que saibas que estás, ao mesmo tempo, a valorizar-te!
 
5. Dar regras em vez de ensinamentos
Enquanto coach, o que deves fazer é ensinar o teu cliente, explicando como este pode atingir os seus objetivos e promover escolhas mais acertadas. A criação de ideias que promovam a mudança é mais importante do que a criação de regras.
 
Se evitares estes erros, verá que os objetivos propostos serão atingidos com maior facilidade e que os índices de falha ficarão imediatamente menores.
 
Aposta em aplicares técnicas simples e práticas, de modo a ajudares os teus clientes na conquista das suas metas!