Vamos começar com o planeamento anual!

 
O planeamento anual é algo muito importante e é algo que necessita de ser trabalhado, vamos imaginar a seguinte situação: Imagina que queres fazer uma viagem mas não sabes para onde vais, onde ficas hospedada e o que irás fazer quando chegares ao teu destino.

Se não fizeres um planeamento da viagem quem te garante que quando chegares por exemplo a Londres tens hotel para ficar? E se o hotel “x” não tiver vaga vais a seguir para qual? Qual é a quantidade de dinheiro que pretendes gastar na viagem? E se te perderes pelo caminho?
 

Portanto, se desejas evitar impasses, ou pelo menos antecipá-los, investir num planeamento é a solução.

 
Em poucas palavras, o planeamento significa organização e para isso precisas conhecer a realidade, as necessidades, estabelecer metas e objetivos para antecipar problemas que possam ocorrer no nosso percurso.
E esta é a altura ideal do ano para isso mesmo!

A criação do planenamento anual divide-se em 5 etapas:

1ª etapa – Planear

Escolhe as tuas metas e objetivos de acordo com aquilo que pretendes alcançar, neste novo ano (por exemplo)

2ª etapa – Executar;

Depois de escolheres as tuas metas e objetivos segue-se a sua execução, ou seja, colocares no papel passo-a-passo tudo o que é necessário fazer para lá chegares

3ª etapa – Rever;

Durante o processo vê o que precisas de corrigir e melhorar. Ou seja, vai sempre medindo e de um modo frequente, o quanto te estás aproximar, ou não, dos objetivos/metas propostas.

4ªetapa – Preparar-te para o Inesperado

Se o planeamento não resultar como esperado precisas de registar a razão/razões do sucedido para não voltar a acontecer. Ou seja, se por algum motivo vires que não estás a conseguir atingir o que pretendes, então MUDA de estratégia e põe em prática! Para não entrares em frustração.

5ª etapa – Celebrar;

Gratifica-te com algo que seja agradável e saudável. Sentimentos de gratidão promovem um melhor estado de funcionamento do cérebro. É sempre muito importante esta fase, e que é tão fácil ser posta de parte, mas precisas de celebrar as tuas conquistas para reforçar o sentimento de superação e vitória!
 

Agora vamos falar um pouco do planeamento de carreira em 2018!


Existem 4 métodos fundamentais para um planeamento de carreira:
1º- Auto-Avaliação;
2º- Verificação da Realidade;
3º- Estabelecer Metas e Objetivos;
4º- Planeamento e Execução de Metas e Objetivos (Colocá-las em prática).
 

Auto-Avaliação:

Possuis (ou não) habilidades?
Quais são os teus interesses?
Tens ou não pontos a melhorar?
Quais são os teus valores e expectativas?
Neste caso nós estamos situados com a opção de ser Nutricionista e se assim for tens de fazer a questão a ti própria, “tenho o domínio e o conhecimento científico sobre as propriedades nutritivas dos alimentos? e sei usá-los com o objetivo de ajudar as pessoas a se alimentarem melhor?”. Possuís estas habilidades? Se sim ótimo, se não então significa que tens pontos a melhorar.
 

Verificação da Realidade:

Isto significa que se desejas ser um Nutricionista de Sucesso, tens que ter noção dessa realidade, ou seja, tens que verificar se tens o conhecimento e se avalias-te bem todas as tuas opções e de ter a certeza que é mesmo isso que queres para ti… e claro, lutares para fazeres acontecer!
 

Estabelecer Metas e Objetivos:

Isto não precisa de muita explicação, pois o nome diz tudo, basta definires as tuas metas e objetivos. Isto é basicamente um planeamento para uma melhor organização, pois se não tiveres metas/objetivos definidos como vais ganhar vontade de continuar o teu percurso? Pois sem metas/objetivos definidos vais sentir-te sem rumo.
 

Planeamento/Execução:

Basta apenas começares a colocar as tuas ideias/metas/objetivos em prática, passo a passo e com calma, porque não é do dia para a noite que vais atingir tudo a que te propões, mas é sim com a tomada de decisão de dar UM PRIMEIRO PASSO!!
 
Já fizeste teu planejamento para 2018? Não comece com o pé esquerdo! Comente aqui se este artigo veio a te ajudar em algo.
 
Com inspiração de Sucesso,
Joana Carvalho Costa