Nos dias atuais grande parte da sociedade tem vindo a mostrar cada vez mais consciência sobre os bons hábitos alimentares.Procuram viver melhor, com mais consciência alimentar e qualidade de vida!

E peça fundamental para esse processo é o profissional de Nutrição, que é aquele que conhece todas as propriedades nutricionais dos alimentos e os efeitos que estes produzem no organismo.
 
* Ressalvando aqui que cada organismo tem respostas diferentes a cada tipo de planeamento alimentar.
Logo a presença deste profissional em consultórios, hospitais, clínicas e outros setores, é fundamental..
 
O alimento não é visto mais apenas para saciar a fome. Um bom planeamento alimentar pode ser utilizado para combater o envelhecimento precoce, desintoxicação, controle sobre doenças crônicas, fortalecimento do sistema imunológico, regulação hormonal, aumento de massa e força muscular, tratamento de obesidade entre muitos outros exemplos.
 

O profissional de nutrição tem uma área ampla de atuação, entre elas estão:

 
 

  • Nutrição clínica: Este setor é considerado bastante popular e bastante procurado especialmente junto a quem busca um estilo de vida com uma alimentação mais consciente, mais saudável e que seja prática na correria da vida moderna. Além dos controles para os exemplos citados acima.

 
          Por exemplo, em spas, clínicas de estéticas, consultórios médicos, centros de saúde, hospitais, consulta domiciliar, entre outros.
 

  • Nas escolas: Atuando ao nível não só de rastreios alimentares / obesidade / desnutrição, como também no apoio às cantinas.

 
          Por exemplo: escolas, universidades, creches
 

  • Na indústria alimentar: No processo de qualidade, desenvolvendo treinamento de funcionários, controlo de rotulagem e ainda em consultoria.

 
 
 

  • Na nutrição esportiva: Tendo os principais locais de atuação os ginásios, clubes desportivos, acompanhando desse modo os atletas a manterem ou melhorarem a sua performance física, sem nunca descurar no controlo alimentar e electrolítico.

 
 
 

  • Na saúde coletiva: Intervenção na comunidade no apoio a programas de combate a desnutrição ou obesidade, por exemplo.

 
 
 

  • Na Restauração: No controle de qualidade, higiene, conservação e manipulação dos alimentos, bem como, na preparação, confeção de novos produtos alimentares mais saudáveis e treinamento dos profissionais.

 
 
 

  • Em marketing: Por exemplo em agências de publicidade, cozinhas experimentais, indústria de alimentos e suplementos alimentares. Coordenando pesquisas relacionadas ao setor e com a possibilidade de criar novos produtos / marcas, entre outros.

 
 
 

  • Ensino e Investigação: Em cursos técnicos ou de graduação, bem como em cursos de especialização. Podem elaborar materiais educativos ou técnico-científicos e em pesquisas científicas dentro de universidades ou organizações.

 
 
Estes são alguns dos exemplos das possibilidades que um Nutricionista tem disponível ao nível de atuação profissional É importante perceberes qual o teu objetivo profissional? Qual a área que te move e te dá mais paixão trabalhares diariamente? Qual a tua missão enquanto Nutricionista?
 
A Nutrição está em constante evolução e novas áreas estão sempre a surgir. Um exemplo disso é o Nutricoaching , que é uma variante do Coaching voltado para a Nutrição, ou seja, o Nutricoach é uma espécie de mentor que ajuda os clientes a terem uma maior motivação e objetivos definidos, rumo ao aumento da sua qualidade de vida.
 
Portanto o Nutricionista precisa dedicar-se e terá que estar sempre atualizado ao longo da sua carreira.
É importante identificar a área que mais gostas para que te possas especializar e sentires-te realizada na profissão que escolheste!

Achas que nutrição é uma área precária? Vê esse vídeo que eu preparei com algumas explicações para esta dúvida que alguns se questionam!!
 
Com inspiração de Sucesso,
Joana Carvalho Costa