Olá Nutri, começar o caminho pelo mundo da Nutrição pode parecer muito simples, principalmente quando os objetivos são claros. Ainda assim, ao entrar no mundo profissional, é natural que  te depares com algumas dificuldades e que sintas que a tua missão poderá não estar totalmente definida.

 
Não te assustes! Esta reação é absolutamente normal e acontece justamente por saberes o que pretendes, embora ainda não tenhas totalmente claro como o vais atingir!
Nesta fase, já sobreviveste à faculdade e, certamente, saberás melhor do que ninguém quais os motivos que te levaram a escolher esta área.
Algumas das razões mais frequentes são o gosto pela área da saúde, a vontade de ajudar os outros a conquistar as suas metas ou simplesmente o gosto pelo conhecimento do corpo, dos alimentos e da sua reação em cada pessoa, de um modo individual, certamente, terás todas na tua lista de desejos, servindo de impulso à tua carreira e estabelecendo aquela que é a tua meta como Nutricionista.
 
De facto, acreditar que a Nutrição correta é a melhor forma de atingir uma vida saudável e de promover o fim das doenças crónicas do mundo é justamente o que necessitas para elevar o patamar desta ciência e te tornares única e imprescindível para os teus pacientes.
 
Já estes, sendo teus clientes e usufruindo do teu trabalho, deverão ter a noção da sua própria importância para o cumprimento dos seus objetivos, já que muitas das vezes acreditam que é apenas por ir a uma consulta de Nutrição que já vão sair 10Kg mais leves! E cabe a ti mostrar esta parceria aos teus clientes e que sem ela, fica bem mais complicado atingir qualquer meta.

Mas claro que já te deves ter perguntado algumas vezes:

-Afinal qual é a minha missão?

– O que me move nesta escolha de vida, em torno da Nutrição?

No fundo, agora que entraste no mundo profissional, a resposta é que recordes as razões que, num primeiro momento, te fizeram decidir Ser Nutricionista. Uma visão mais humanizada do teu trabalho terá todas as vantagens, tanto para ti, a nível pessoal, como para os pacientes que, certamente, te irão ver como alguém disposto a ajudar na luta por uma vida mais saudável!
 
Ao assumires uma postura profissional baseada na tua missão, não corres o risco de te tornares num mero prescritor de dietas e receitas, passas assim assumir um papel muito mais importante para
quem te procura!
 
A minha missão enquanto Nutricionista e conseguir incentivar e influenciar os meus clientes a trabalhar a sua consciência alimentar, a fazerem melhores escolhas e a atingirem um maior equilibrio fisico e emocional.
 
E tu, qual a tua Missão enquanto Nutricionista?